Início ORIXÁS POESIA PARA OGUM BEIRA-MAR

POESIA PARA OGUM BEIRA-MAR

1 minuto(s) lendo
0
0
379

Paulo Lourenço

Vem vindo ao longe um cavalo branco,
correndo na areia bem junto do mar.
Cavalgando em cima, vem um belo guerreiro.
Salve meu pai! É Ogum beira-mar.

Vem me dar força, vem me dar fé,
e com sua espada me dá protecção.
Mãe Iemanjá sua estrela me guie,
e pai Oxalá me dê sua mão.

Levai-me consigo em seu cavalo,
Ogum beira-mar, meu pai valente.
A si meu pai entrego meu fado,
na minha vida estais sempre presente.

Protege seu filho meu pai amado,
me mostre sempre o melhor caminho.
Em troca eu ajudo seus filhos perdidos,
pois sei que consigo não estou sózinho.

Salve Ogum beira-mar!

Obs: Poema dedicado e escrito para Pai Pedro de Ogum pela data comemorativa de seu aniversário em 14
de Novembro de 2007
Retirado do Livro Orixás em Poesia – Autor Paulo Lourenço
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Administrador
Carregar mais em ORIXÁS
Comentários fechados

Verifique também

SALVE AS CRIANÇAS DA UMBANDA!!!

Nas praias, nas matas, nas montanhas, atravessando o ar, muitas risadas e palmas invisívei…