FÊNIX

1 minuto(s) lendo
1
0
151


Essa inquietude que te toma

são aves sedentas de vôos

que navegam pela tua alma

em busca do paraíso perdido…

Alimenta essas asas feridas

com a tua infinita beleza

com pitadas de sensibilidade

e buquês de bom humor.

Deixa cair esse véu,

liberta o mago do sol,

espelha a luz que te ofusca,

dança as cores da paz.

Em breve estarás livre

para criar luas novas

e da tua alma brotarão pérolas

embelezando o caminho,

soprando palavras ao universo!

– Paola Caumo –

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Administrador
Carregar mais em UMBANDA

Um comentário

  1. Van

    12 de abril de 2008 en 04:00

    Leia “IGNIUS” em http://www.ceriz.org
    phenix transmutação

Deixe uma resposta

Verifique também

SALVE AS CRIANÇAS DA UMBANDA!!!

Nas praias, nas matas, nas montanhas, atravessando o ar, muitas risadas e palmas invisívei…