Home UMBANDA EXU E AS ENCRUZILHADAS

EXU E AS ENCRUZILHADAS

10 min read
0
0
665

Exu é o senhor que cuida das encruzilhadas. E encruzilhada é a linha que intercepta algo, onde há um cruzamento (cruz) de duas ou mais esferas espirituais, ou de caminhos, ou ainda de solos (sagrado e mundano). Se você vai entrar em um Terreiro (solo sagrado) você deve saudar a Exu (o guardião da encruzilhada) para poder deixar o solo mundano.

Na África ele é cultuado como Exu, quem vem do Yorubá e quer dizer esfera, mas é também cultuado em muitos outros povos, sendo Loki para os nórdicos, Seth para os egípcios, estando presente em Shiva dos hindus, em Hermes e Dionísio dos gregos e podemos dizer em todas as divindades fálicas (aquelas que tem como símbolo um falo ereto). Percebemos então que ele é uma força Divina da criação, e que está em tudo, sendo cultuado em todas as culturas.

Hermes, o deus grego, é o elo de ligação entre os homens e os deuses do Olimpo. Exu também faz a ponte entre os homens e os Orixás. Quanto ao deus oferecia aos mortais o vinho que inebria os sentidos e lhes convida a ver a vida com outros olhos. Da mesma forma, Exu convida o ser humano a passar pela vida vivendo-a com intensidade. O vinho traz um estado de relaxamento, onde as convenções são esquecidas, e assim Dionisio, tanto quanto Exu, quer fazer ver o mundo de ilusão em que a maioria vive. Não representam o imoral ou a embriaguez, mas a verdade por trás dos véus e máscaras da sociedade.

Na tradição hindu, Shiva é o destruidor, que destrói para construir algo novo, motivo pelo qual muitos o chamam de “renovador” ou “transformador”. A criação do yôga, prática que produz transformação física, mental e emocional, portanto, intimamente ligada à transformação, é atribuída a ele. O tridente que aparece nas ilustrações de Shiva é o trishula. É com essa arma que ele destrói a ignorância nos seres humanos. A naja é a mais mortal das serpentes. Usar uma serpente em volta da cintura e do pescoço simboliza que Shiva dominou a morte e tornou-se imortal. Na tradição da ioga, ela também representa kundalini, a energia de fogo que reside adormecida na base da coluna. Quando despertamos essa energia, ela sobe pela coluna, ativando os centros de energia (chakras) e produzindo um estado de hiperconsciência (samádhi), um estado de consciência expandida.

O deus egipcio Seth era o deus do caos, também do deserto e das terras estrangeiras. Originalmente auxiliava o deus Rá em sua eterna luta contra a serpente Apófis(o proprio caos) no barco solar, e nesse sentido Seth era originalmente visto como um deus bom.

Quanto ao deus nórdico Loki, suas ações mostram seu lado maléfico por boas causas, estas geralmente contra sua intenção original. Entretanto, ele não é considerado perigoso; sua criatividade é usada pelos outros deuses para lidar com situações sem esperança. Muitos os consideram um trapaceiro que, apesar de seu indubitável lado mau, acaba se tornando um dos principais aliados dos deuses; além disso, ele representa o toque de caos necessário para que possa haver evolução.

Desta forma, vemos que a ideia do que representa o Exu para nós, é muitíssimo antiga, data de milhares de anos antes da era de Jesus.. Quanto à síntese dos fundamentos do mistério Exu para o umbandista, o que se valoriza é a espontaneidade, a verdade, a autenticidade, e não a perfeição, que não existe neste mundo. É a vontade de ajudar, a dedicação ao trabalho espiritual, e não um tesouro de pretensas virtudes. É a coragem de enfrentar as vicissitudes, a Fé absoluta numa força Maior que irá auxiliar aqueles que andam reto, ou que se arrependeram de seus caminhos tortos. Esta é a lição que Exu nos traz.

Exu então é Guardião, policial do astral inferior, impedindo os frequentes ataques do astral inferior, protegendo as casas que realizam trabalho espiritual de qualquer tipo (a proteção existe mesmo que seus frequentadores não acreditem, como nas igrejas e nos centros espíritas). São também grandes desobsessores, recolhem e manipulam facilmente energias densas sendo muito bons para o “descarrego” e limpeza espiritual, além de cortarem e desmancharem as nefastas magias negativas.
OS Exus e Pombogiras são trabalhadores incansáveis, muito protetores também; Tem seu jeito peculiar de se comunicar, sem floreios, são diretos e muitas vezes dizem o que o consulente não gostaria de ouvir, que são suas imperfeições, vaidades e erros, mas é a forma deles mostrarem que está na hora de evoluir, e inclusive podem gerar situações para que tal evolução ocorra. Também fazem maravilhosos trabalhos de cura, trabalhando junto aos Pretos Velhos e os Médicos do Astral Superior.

Que brilhe a Sua Luz, que sejam abençoados pelas Forças de Nossa Senhora e Nosso Mestre Jesus.
Nosso profundo agradecimento e respeito. Pedimos humildemente para sempre andar conosco, em todos os caminhos. Sua presença nos honra, fortalece e equilibra em todas as encruzilhadas.

Laroyê, Exu!

Alex de Oxóssi

Rio Bonito – RJ

Fontes consultadas

Mistério Exu

http://pt.wikipedia.org/wiki/Shiva

Load More Related Articles
  • OMULU

    Senhor das Palhas, Senhor da Saúde, e dos portais entre mundos! Atotô! Dê aos homens a coe…
  • MÃE AMADA, MÃE IEMANJÁ!

    Mãe amada! Rainha das ondas, da praia e do mar! Senhora das criaturas marítimas, seus teso…
  • PRETOS VELHOS NA UMBANDA

    Nossos queridos Vovôs e Vovós que trazem tanto alento a nós, quando chegam no terreiro, sã…
Load More By Administrador
  • OMULU

    Senhor das Palhas, Senhor da Saúde, e dos portais entre mundos! Atotô! Dê aos homens a coe…
  • MÃE AMADA, MÃE IEMANJÁ!

    Mãe amada! Rainha das ondas, da praia e do mar! Senhora das criaturas marítimas, seus teso…
  • PRETOS VELHOS NA UMBANDA

    Nossos queridos Vovôs e Vovós que trazem tanto alento a nós, quando chegam no terreiro, sã…
Load More In UMBANDA
Comments are closed.

Check Also

OMULU

Senhor das Palhas, Senhor da Saúde, e dos portais entre mundos! Atotô! Dê aos homens a coe…